Categorias
Notícias

Língua portuguesa desenvolvida no país comemora o seu dia.

[av_section min_height=” min_height_px=’500px’ padding=’default’ shadow=’no-shadow’ bottom_border=’no-border-styling’ bottom_border_diagonal_color=’#333333′ bottom_border_diagonal_direction=” bottom_border_style=” custom_arrow_bg=” id=” color=’alternate_color’ custom_bg=” src=’http://localhost/iseib2/wp-content/uploads/2018/03/01-1.jpg’ attachment=’1103′ attachment_size=’full’ attach=’scroll’ position=’top center’ repeat=’stretch’ video=” video_ratio=’16:9′ overlay_enable=’aviaTBoverlay_enable’ overlay_opacity=’0.7′ overlay_color=’#000000′ overlay_pattern=” overlay_custom_pattern=” av_element_hidden_in_editor=’0′]

[av_two_third first min_height=’av-equal-height-column’ vertical_alignment=’av-align-middle’ space=” margin=’0px’ margin_sync=’true’ padding=’200px,0px,0px,0px’ border=” border_color=” radius=’0px’ radius_sync=’true’ background_color=” src=” attachment=” attachment_size=” background_position=’top left’ background_repeat=’no-repeat’ animation=” mobile_breaking=” mobile_display=”]

[av_codeblock wrapper_element=” wrapper_element_attributes=” codeblock_type=”]

NOTÍCIAS

[/av_codeblock]

[av_heading heading=’Língua portuguesa desenvolvida no país comemora o seu dia..‘ tag=’h3′ style=’blockquote modern-quote’ size=’50’ subheading_active=” subheading_size=’15’ padding=’0′ color=” custom_font=” av-medium-font-size-title=” av-small-font-size-title=” av-mini-font-size-title=” av-medium-font-size=” av-small-font-size=” av-mini-font-size=” admin_preview_bg=”][/av_heading]

[/av_two_third][/av_section][av_section min_height=” min_height_px=’500px’ padding=’large’ shadow=’no-border-styling’ bottom_border=’no-border-styling’ id=” color=’main_color’ custom_bg=” src=” attachment=” attachment_size=” attach=’scroll’ position=’top left’ repeat=’no-repeat’ video=” video_ratio=’16:9′ overlay_opacity=’0.5′ overlay_color=” overlay_pattern=” overlay_custom_pattern=”]

[av_two_third first min_height=” vertical_alignment=’av-align-top’ space=” margin=’0px’ margin_sync=’true’ padding=’0px’ padding_sync=’true’ border=” border_color=” radius=’0px’ radius_sync=’true’ background_color=” src=” attachment=” attachment_size=” background_position=’top left’ background_repeat=’no-repeat’ animation=” mobile_display=”]

[av_textblock size=” font_color=” color=” av-medium-font-size=” av-small-font-size=” av-mini-font-size=” admin_preview_bg=”]

A língua mãe dos brasileiros que fora trazida pelos portugueses em 1500 passou por diversas variações derivações de outros idioma, como o tupi-guarani, por exemplo. Além dos idiomas nativos dos indigenas, a língua portuguesa brasileira também é sincretizada às dos povos africanos, que foram trazidos ao Brasil na época da escrevidão

Com essa mistura de culturas e línguas, sintetizamos o português ao que vemos hoje e, para comemorar o dia da Língua Nacional, celebrado nesta segunda-freira, 21, o jornalista e professor de português José Geraldo Trindade conta como surgiu sua paixão pelo idioma. “Em 1968, o meu propósito era fazer o curso de direito, mas comecei a dar aulas em um cursinho para vestibular e fui contaminado pelo vírus do magistério (no meu caso foi incurável) e o direito sumiu no horizonte”, relembra o professor, que soma 45 anos de sala de aula, além de passagens por redações de jornais e revistas.

Ao longo dos anos de estudo e ensino, José Geraldo não economiza elogios e coloca em evidência a importância do português para a sociedade. “É mais que símbolo da nacionalidade, é um organismo vivo que merece toda atenção pela importância de que se reveste como veículo de comunicação. Em tempo: quando digo organismo vivo, é porque a língua se modifica, se transforma, com o passar do tempo”, destaca.

Em sala de aula, o maior desafio, de acordo com ele, é despertar o interesse e a paixão dos alunos para o português. “Meu objetivo é fazer com que vejam a importância e a beleza da língua portuguesa e passem a usá-la com correção e cuidado”, finaliza.

Incentivo – Um dos instrumentos que buscam estimular o interesse dos alunos de escolas públicas pela leitura e pela escrita é o programa Escrevendo o Futuro. Iniciativa da Fundação Cultural coordenada pelo Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, cultura e Ação Comunitária (Cenpec), o programa tem entre seus destaques a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, desenvolvida em parceria com o Ministério da Educação. O concurso premia as melhores produções de estudantes do quinto ano do ensino fundamental ao terceiro ano do ensino médio. Professores e alunos realizam oficinas de escrita e leitura, a partir de material pedagógico distribuído aos inscritos. A próxima edição da Olimpíada está agendada para 2019.

[/av_textblock]

[av_social_share title=’Compartilhe’ style=” buttons=’custom’ share_facebook=’aviaTBshare_facebook’ admin_preview_bg=”]

[/av_two_third][av_one_third min_height=’av-equal-height-column’ vertical_alignment=’av-align-middle’ space=” margin=’0px’ margin_sync=’true’ padding=’0px’ padding_sync=’true’ border=” border_color=’#e1e1e1′ radius=’0px’ radius_sync=’true’ background_color=” src=” attachment=” attachment_size=” background_position=’top center’ background_repeat=’contain’ animation=’bottom-to-top’ mobile_breaking=” mobile_display=”]

[av_sidebar widget_area=’Sidebar Pages’]

[/av_one_third][/av_section]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *